segunda-feira, 5 de abril de 2021

MENSAGEM BISPO AGNALDO SACRAMENTO

 


O PODER RESTAURADOR DO

PERDÃO

- Agnaldo L. Sacramento –

 

Texto Bíblico Básico:

I João 4:7-12

7 - Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.

8 - Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.

9 - Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos.

10 - Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados.

11 - Amados, se Deus assim nos amou, também nós devemos amar uns aos outros.

12 - Ninguém jamais viu a Deus; se nos amamos uns aos outros, Deus está em nós, e em nós é perfeito o seu amor.

Mateus 5:43-46

43 - Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo.

44 - Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;

45 - Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.

46 - Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo?

 

INTRODUÇÃO

O contexto geral do perdão envolve, principalmente, os discípulos de Jesus, pois o perdão é parte essencial do discipulado: “Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros” (João 13:35).

Quem não libera perdão mantém: mágoa, ressentimento, amargura, etc. Quem não libera perdão mantém uma ferida emocional muito difícil de ser curada, pois não há remédio na farmácia para isso.

A ordem, o imperativo é este: “Assim como Deus perdoou vocês em Cristo fazei vós também” (Efésios 4:32).

 

01. PERDÃO

O perdão é um grande remédio contra a dolorosa dor emocional.

O vocábulo ‘PERDÃO’. Do grego, ἄφεσις (AFESIS): perdão, libertação, liberar, (“soltar”) deixar ir, remissão de pecados (Mateus 26:28).

02. ATITUDE PESSOAL

GHANDI disse: “Os fracos jamais podem perdoar, pois o perdão é um atributo dos fortes”.

O perdão como atitude pessoal, envolve a vontade, uma decisão firme, para o exercício do perdão.

03. EXEMPLOS PRÁTICOS

A Psicologia do perdão na declaração de Jesus em Lucas 6:37b – “SOLTAI, E SOLTAR-VOS-ÃO” (Liberai, e sereis liberados!). Ao liberar perdão, a pessoa se solta a si mesma e solta a pessoa que lhe prendia pela mágoa, ressentimento, falta de perdão.

04. ELE É FIEL

O desafio de perdoar a si mesmo e o texto de I João 1:9 – “Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça”.

05. LIBERAR PERDÃO:

A falta de perdão leva a pessoa a cultivar e a viver “emoções tóxicas” ou lixos emocionais – são os diversos males da falta de não liberar perdão: mágoa, ira, ódio, ressentimentos, tristeza, raiz de amargura, vingança.

06. OS BENEFÍCIOS DO PERDÃO

(70 vezes 7 = MATEUS 18:21-22 ):

a) Colabora com a Saúde Mental,

b) A saúde Emocional,

c) A saúde Espiritual,

d) A saúde Física.

07. ESPÍRITO VENCEDOR

Certo Psiquiatra escreveu sobre os sobreviventes dos Campos de Concentração Nazista – Constatou um que “manteve o brilho nos seus olhos, corpo ereto e energia interminável” e, nas mesmas condições dos demais, ali viveu por seis anos. Procurava estabelecer a harmonia entre seus pares e era um exemplo de espírito vencedor.

08. AMAR A TODOS:

Os outros pensavam que ele (nos campos nazistas) nada sofrera em relação aos seus familiares, mas ficaram surpresos quando relatou certo dia: “Estávamos num Gueto, os soldados alemães chegaram e pegaram a minha família; de início, mataram a minha esposa, minhas duas filhas e três filhinhos; roguei que me matassem, mas não o fizeram (pelo fato de falar a língua alemã). Pegaram-me como tradutor, pois eu falava fluentemente, não só o alemão, mas, também inglês, francês, polonês e russo. Trabalhava, diariamente, 15, 16 horas. Diante da situação, decidi não odiar, mas amar a todos sem distinção e esse foi o seu segredo de sair vencedor.”

09. EFÉSIOS 4:31-32

“Longe de vós, toda amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmias, e bem assim toda malícia. Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo vos perdoou”.

10. O LEMBRETE DO SALMO 103:12

“Assim como está longe o oriente do ocidente, assim afasta de nós as nossas transgressões”. A bênção de Provérbios 28:13 – “O que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia.”

11. RON LEE DAVIS

No seu livro “Perdão Incondicional”, diz: “Se houver uma pessoa a quem você evita outorgar perdão e reconciliação, então fique sabendo que está impedindo o Espírito Santo de trabalhar na sua vida e de infundir poder na sua Igreja e comunidade. Essa responsabilidade é sua: você não pode evitá-la”.

 

CONCLUSÃO:

Todos os nossos órgãos,

nossos sentidos,

exercem muitas funções

Mas... o coração não:

Ele foi feito para amar.

Na tristeza ou na dor

ou mesmo na alegria,

Há um coração que foi feito para amar.

Não sufoque a força do amor que há em você.

Deus lhe fez com um coração que só é feliz...

se amar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário